Cidades e negócios sustentáveis

Meu amigo José Daudt, dublê de escritor e geólogo, me enviou duas dicas interessantes:

Masdar City, oásis sustentável no deserto de Abu Dabi

Masdar City, oásis sustentável no deserto de Abu Dabi

Uma tendência positiva para os próximos anos é a emergência de cidades totalmente sustentáveis. Um dos exemplos mais avançados é a futura Masdar City, construída do zero nas areias desérticas de Abu Dabi. O projeto custará algo em torno de 22 bilhões de dólares, usados para construir uma estrutura completamente sustentável, alimentada 100% por energia solar, com zero de desperdício e total neutralização do carbono emitido.

Masdar City deverá ocupar uma área de seis km2 onde viverão entre 45 mil e 50 mil habitantes. Espera-se que sejam abertas algo em torno de 1.500 empresas dedicadas a produtos e serviços ecologicamente sustentáveis. A ambição é que a cidade seja uma referência de cidade sustentável e consolide toda uma corrente de negócios sustentáveis que ponham Abu Dhabi na vanguarda deste novo mercado.

Aliás, o emergente mercado de produtos e negócios sustentáveis é justamente o tema principal da segunda Conferência da rede de Negócios Verdes (Green Trade Network Summit), que acontece no dia 25 de setembro na cidade de Santa Cruz, na Califórnia. O encontro vai reunir desenvolvedores e representantes de negócios e serviços votados para o desenvolvimento da infraestrutura de cidades sustentáveis, um novo e muito promissor ramo de negócios.

A outra dica é a inclusão pela quarto ano seguido da Petrobras no prestigiado Índice Mundial de Sustentabilidade da Dow Jones (Dow Jones Sustainability World Index – DJSI). O índice faz um acompanhamento de 317 empresas que operam em 58 setores diferentes ao redor do mundo. Deste grupo apenas 19 vêm do setor de óleo e gás. O DJSI é usado como parâmetro de análise de investimentos socialmente e ambientalmente responsáveis. Atualmente cerca de US$ 8 bilhões são investidos atualmente por diferentes fundos de investimentos  em empresas listadas no Índice.

Além da Petrobrás, as outras empresas brasileiras listas no DJSI são: Aracruz, Bradesco, Companhia Energética de Minas gerais (Cemig), Itaú-Unibanco e Itausa Investimentos, Usiminas e Votorantim.

Anúncios

Uma resposta para “Cidades e negócios sustentáveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s